Boa tarde, são 15:50:53 | Alvor de Sintra RSS

 

Publicidade

Menu » Jornal Digital » Agenda Cultural » Contactos Úteis » Dossiers » Farmácias de Serviço » Fórum » Lotarias » Meteorologia »

 » Ambiente
 » Cultura
 » Desporto
 » Economia
 » Educação
 » Fora de Portas
 » FotoReportagem
 » Idosos
 » Instituições
 » Internacional
 » Juventude
 » Local
 » Nacional
 » Obras
 » Opinião
 » Política
 » Tecnologias
 » Transportes

 

Serviços

 » Agenda Cultural
 » Farmácias de Serviço
 » Lotarias
 » Meteorologia
 » TV Alvor de Sintra

 

Suplementos

 » Agualva - Cacém
 » Algueirão - Mem Martins
 » Queluz
 » Vila Sintra

 

 » Contactos
 » Critérios de Publicação de Comentários
 » Estatuto Editorial
 » Ficha Técnica
 » Nós
 » Publicidade

 

 

» Página Inicial » Destaque

 

 

A montanha pariu um rato: Fernando Seara e Miguel Carretas terminaram discussão, em privado, nos paços do palácio

Fernando Seara criticou ontem a postura da CDU face ao actual executivo. O presidente acusou os comunistas de “falta de lealdade”, depois da CDU entregar, no tribunal, um pedido de anulação da licença de reconstrução do hotel Bristol, devido à alegada destruição do património que o projecto comporta. No seguimento de mútuas acusações, Fernando Seara acenou a Miguel Carretas para se retirarem da assembleia, deixando os presentes atónicos.

( Sábado, 23 de Setembro de 2006 )

Ouvir

Mais informação sobre a versão audio

Download do conteúdo em versão MP3

 102 Comentários | Enviar Artigo por E-mail | Imprimir

A questão da Albergaria Bristol nem foi levantada por Fernando Seara, mas pelo deputado comunista, Miguel Carretas, que usou da palavra para antes da ordem do dia, acusar a “maioria PSD/CDS e PS” de “falta de planeamento” na gestão urbanística do centro da vila. “A câmara optou pela análise casuística das intenções de investimento «imobiliárias», em vez de planear”, afirmou. Segundo Carretas estes “são traços que unem o PSD ao PS, que durante mais de 20 anos governaram o urbanismo na câmara desta forma”.

Para os comunistas esta “falta de planeamento” está na origem de licenciamentos como o da recuperação do hotel Bristol, que no seu entender, merecem, da parte da CDU, muitas interrogações.

Em resposta, Fernando Seara proclamou “Eu não aceito que qualquer um dos vereadores do meu executivo vá para tribunal sem me dar a conhecer pelo menos uma cópia” da queixa. O Edil, inaugurou desta forma as críticas à CDU. As primeiras desde de que tomou posse como presidente da Câmara. No entanto, o edil prometeu tratar da questão do licenciamento da obra “muito seriamente em reunião da câmara”.

Por sua vez o presidente da Junta de Freguesia de São Martinho, Adriano Filipe, frisou que “os investimentos de recuperação de unidades hoteleiras na Vila são muito importantes para o desenvolvimento do centro histórico e da freguesia”. “Agora que se estava a mexer em alguma coisa, que se estava a ver obra, é que tinham que vir estas questões que só vão atrasar a recuperação dos edifícios”, lamentou, a este respeito, o autarca.

Sem concluir esta contenda, Fernando Seara e Miguel Carretas retiraram-se, por momentos, da assembleia, para os paços do palácio, regressando aquando do cumprimento do ponto seguinte da ordem de trabalhos.


 

Alvor de Sintra

 102 Comentários  Enviar por E-mail  Imprimir Artigo

 

 

Cronistas

André Beja

 » Assim vai Sintra: que fazer com estes entulhos?

 

António Filipe

 » Conte comigo, Professor Galopim de Carvalho

 

António Rodrigues

 » Europa – Desafio e não desculpa

 

António Vicente

 » A Casa do Castelo

 

Cândido e Silva

 » Grupo de Ballet de Sintra

 

Cardoso Martins

 » Justitia Regnorum Fundamentum

 

Céu Ribeiro

 » IVG - um direito de cidadania

 

Cortez Fernandes

 » “ABAIXO O IC 19, MORRA O IC 19, VIVA A AVENIDA DO OCIDENTE”

 

Fátima Campos

 » As golpadas do desespero

 

João Soares

 » Um Ano

 

Miguel Carretas

 » Cultura Não É (SÓ) Paisagem

 

Luís Fernandes

 » Parque Eólico de Almargem do Bispo

 

 

 

     

 

 Director: Gui Aragão Reis

Registo Instituto da Comunicação Social: 124 724

  Copyright © 2005 Alvor de Sintra | Todos os direitos reservados